Exportações brasileiras de arroz crescem 115,4% em julho

As exportações brasileiras de arroz (base casca) cresceram 115,4% em julho de 2014, o quinto mês do ano-safra 2013/2014, que inicia em 1º de março de 2014 e encerra em 28 de fevereiro de 2015. As exportações de arroz em julho de 2014 atingiram 83,934 toneladas (base casca), contra 38.964 toneladas embarcadas em julho de 2013. Os números são da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento.
Em relação ao mês anterior, junho de 2014, as exportações recuaram 30,1% em julho passado. Do volume total exportado em julho de 2014, 32% foram de arroz em casca, 33% foram quebrados de arroz e 35% de produto beneficiado. O volume exportado em julho de 2014 ficou 16,2% abaixo da média mensal do ano-safra 2012/2013, que foi de 100.116 toneladas.
Para o analista de mercado Carlos Cogo, da Carlos Cogo Consultoria Agroeconômica, se mantida a média de exportações registrada entre março e julho, as exportações têm potencial para superar 1,4 milhão de toneladas neste ano-safra 2013/2014. "No acumulado do ano-safra 2013/2014, entre março e julho, as exportações de arroz acumulam uma alta de 71,4%, atingindo 587.427 toneladas, contra 342.790 toneladas exportadas no mesmo período do ano anterior", informa.
No ano-safra 2012/2013, as exportações de arroz atingiram 1.201.396 toneladas, contra 1.470.492 toneladas embarcadas no ano-safra anterior. Na parcial deste ano-safra 2013/2014, as exportações superam as importações em 199,4 mil toneladas.
Para Cogo, o mercado sentirá os efeitos destes números, por um lado com a redução dos estoques, mas por outro com a elevação das cotações ao produtor. "Com as exportações superando as importações pelo quarto ano consecutivo, a tendência é de que os estoques de arroz do País cheguem no final desta safra no menor nível da década. Isso indica sustentação dos preços pagos aos produtores, com viés altista para este segundo semestre do ano", explica (Assessoria de Comunicação, 8/8/14)