Produção brasileira de grãos deve crescer 3,6% nesta safra

A Companhia Nacional  de Abastecimento (Conab) estimou em 195,46 milhões de toneladas a produção brasileira de grãos para a safra 2013/14. Em levantamento divulgado nesta terça-feira (09) a estatal aponta um ganho de 6,80 milhões de toneladas sobre o volume retirado dos campos no último ano e que chegou a 188,65 milhões de toneladas. O crescimento entre os períodos é de 3,6%.

A última publicação feita pela Conab colocou a soja como a cultura destaque desta safra. Ela registrou um incremento de 4,62 milhões de toneladas ou 5,7% a mais na produção de 86,12 milhões de toneladas, disse a Companhia.

De acordo com a empresa, a produção nacional de cresceu 2,14 milhões de toneladas, chegando a 7,66 milhões de toneladas. Na comparação com o último ciclo os produtores asseguraram uma colheita 38,7% maior, influenciada especialmente pelo aumento de 21,4% na área plantada.

O feijão, cuja safra totalizou 3,44 milhões toneladas, apareceu com uma elevação de 637,8 mil toneladas ou o equivalente a 22,7% a mais que o último ano, de acordo com o balanço.

Já a produção de milho (primeira e segunda safras) apresentou recuo neste ano. Terminou calculada em 79,9 milhões de toneladas, queda de 1,6 milhão de toneladas, ou 2%, ante as 81,5 milhões milhões de toneladas anteriores. A Conab disse nesta terça-feira que o menor desempenho do cereal foi reflexo "diminuição da primeira safra".

Área

O 12º Levantamento de Produção divulgado pela empresa mostra ainda uma área plantada total de 56,93 milhões de hectares. Ela ficou 6,3% acima dos 53,6 milhões de hectares da safra 2012/2013.

Segundo a Conab, houve crescimento para as culturas da soja (8,8%), o trigo (21,4%), o feijão (8,4%) e o algodão (25,4%).

As culturas que apresentam os maiores aumentos foram o girassol (107,8%), a cevada (14,8%) e a mamona (15,9%). O milho total apresentou redução de 0,2% (28,6 mil hectares), resultado da redução de área na primeira safra de 2,4% (165,1 mil hectares) e aumento de área de 1,5% na segunda safra (136,5 mil hectares (Conab, 9/9/14)