Valor Bruto de Produção do milho em 2015 deve cair 4,8% em MT

VBP da cultura deve ser de R$ 3,8 bilhões ante os R$ 4 bilhões de 2014.
Estimativa do estado foi feita por estudo do Imea.

Em 2015, deve ocorrer uma queda no Valor Bruto da Produção (VBP) do milho. A variação será de 4,8% para baixo em comparação com o valor consolidado de 2014. De acordo com os dados divulgados por um estudo do Instituto Mato-grossense de Economia e Agropecuária (Imea), o VBP será dessa cultura será de R$ 3,8 bilhões diante dos R$ 4 bilhões de 2014.
O valor é calculado a partir da estimativa de safra, da produção agropecuária, dos preços recebidos pelos agricultores e a evolução na comercialização dos produtos. Em contrapartida, não traduz os ganhos reais dentro da porteira, pois não leva em consideração os custos no campo.
Em decorrência da queda nos preços do milho no mercado, é estimado que os produtores reduzam a área plantada com o cereal em Mato Grosso, diminuindo a produção em 4,1%. A área plantada em Mato Grosso na safra 2013/14 foi de 3,2 milhões de hectares e o Imea espera uma queda ainda maior para o próximo ano.
Para Daniel Latorraca, gestor do Imea, as previsões não são animadoras para os produtores de milho, que sofreram com os preços abaixo do esperado, tanto em 2013 como 2014. Na estimativa do Instituto para 2015, o preço ainda deve cair 0,8% em vista do que foi praticado neste ano.
Ainda segundo o estudo, o share de faturamento do milho deve ser de 10% no VBP total da agropecuária para 2015, que atingirá R$ 39,2 bilhões (G1, 2/10/14)